ALO PNEUS
ISOLAMENTO

Surto de catapora obriga isolamento de pavilhão na Penitenciária Irmão Guido em Teresina

8 internos apresentam sintomas e pavilhão é isolado para conter disseminação da doença

28/06/2024 17h38
Por: Redação
Foto: Divulgação ASCOM
Foto: Divulgação ASCOM

Um surto de catapora na Penitenciária Irmão Guido, localizada na zona sul de Teresina, levou ao isolamento do Pavilhão F na última segunda-feira (24). A medida visa conter a proliferação da doença altamente contagiosa, que acometeu oito internos da unidade prisional.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus-PI), a unidade prisional atualmente conta com 173 detentos. Desde os primeiros sinais da doença, os serviços de saúde da Penitenciária se concentraram no atendimento e tratamento dos oito internos com sintomas da catapora.

Medidas de Controle e Monitoramento

O isolamento do pavilhão, seguindo as orientações da equipe médica composta por médico e enfermeiros da unidade, é crucial para conter a disseminação da doença. A Sejus-PI informa que a situação está sob controle e que, dos oito internos com sintomas, quatro já não apresentam os sinais da doença, conforme boletim médico. A equipe da Penitenciária segue monitorando de perto a situação na unidade penal.

Prevenção e Conscientização

A catapora é uma doença viral altamente contagiosa, transmissível por contato direto com as lesões cutâneas ou através de secreções respiratórias de pessoas infectadas. Os sintomas incluem febre, coceira intensa e erupções cutâneas com bolhas.

A vacinação contra a catapora é a principal forma de prevenção, sendo recomendada para crianças e adultos suscetíveis à doença.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias