Domingo, 22 de Maio de 2022
31°

Poucas nuvens

Teresina - PI

Geral Polícia Militar

Deputado defende aumento de vagas para curso de formação da PM-PI

A lei que trata do concurso público permite que haja a classificação do dobro do número de vagas, lembra o deputado Coronel Carlos Augusto.

03/05/2022 às 22h26
Por: Tiago Andrade
Compartilhe:
Foto: Lucas Dias / GP1
Foto: Lucas Dias / GP1

 

O deputado estadual Coronel Carlos Augusto (MDB) discursou no plenário da Assembleia Legislativa para defender um requerimento de sua autoria sobre o aumento do número de candidatos a serem classificados para o curso de formação no concurso público vigente para a Polícia Militar do Piauí (PM-PI). O tema foi abordado na sessão desta terça-feira (03).

O parlamentar solicitou o apoio dos demais parlamentares para a aprovação do requerimento. De acordo com o deputado, o certame, que é organizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), é constituído de cinco etapas e prevê a classificação de mil candidatos e a convocação de duzentas pessoas para integrarem o cadastro de reserva.

"Apresentamos um requerimento e tivemos uma audiência com a governadora Regina Sousa, onde tratamos providências para o cumprimento do edital. Após o cumprimento das cinco etapas previstas é preciso que haja mil pessoas aprovadas para o curso de formação e duzentas pessoas classificadas para a formação do cadastro de reserva. A lei que trata do concurso público permite que haja a classificação do dobro do número de vagas”, afirmou.

Para o parlamentar, caso seja convocado apenas o número de candidatos previsto no edital, é possível que cerca de apenas 600 pessoas estejam aptas a participar do curso de formação. “Peço o apoio dos deputados para esse requerimento. A segurança do estado precisa desses profissionais para combater a criminalidade”, finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias